segunda-feira, 7 de março de 2011

A mãe-da-lua ou urutau

Esta ave traz consigo uma aura de mitos e lendas traçados a noites enluaradas no nosso sertão, acreditem meus amigos que muitos pais nos remotos lugarejos do sertão contam a seus filhos que: “a mãe-da-lua vem pegar as crianças que saem durante a noite” esta é uma entre tantas lendas que cercam esta ave magnífica.

Lendas a parte na verdade a mãe-da-lua ou urutau como é conhecido em muitos lugares tem nome científico Nyctibius griséus e é uma ave total mente pacífica “as vezes até demais” que possui uma enorme capacidade de camuflagem, está entre os animais ameaçados de extinção talvez por confiar demais nesta capacidade de camuflagem.

Nesta ocasião pude fotografar uma fêmea e seu pequeno filhote, estes animais põem seus ovos em cavidades naturais na extremidade de troncos onde seu corpo parece uma extensão do tronco tornando-se praticamente invisíveis a olhos desavisados. (No caso deste ninho, por exemplo, só foi encontrado pelo dono da propriedade após tocar o tronco e ver a ave voar)

Ai estão alguns dos registros: (veja como ela se alinha de forma simétrica ao tronco)


Esta ave é noturna e normalmente só vai sair deste tronco durante a noite, sendo que muitas vezes nem o faz alimentando-se no próprio tronco de insetos que o rodeia.

  • Na foto seguinte temos o detalhe do olho desta ave, percebam que mesmo de olhos fechados ela possui pequenas frestas por onde pode enxergar, pois se precisasse “abrir os olhos” para tal fim perderiam alguns pontos em camuflagem, sendo assim, mesmo de "olhos fechados" podem ver um predador que venha a se aproximar demais e voar.

O pequeno filhote com a plumagem inicial a qual será mudada ao longo do tempo. Ele já esta aprendendo os "macetes" da camuflagem!

OBS: Nesta mesma data tive muitos outros registros interresantes de animais e vegetais, que irei postando ao longo dos dias!

Muito obrigado pelas visitas e comentários meus "povos" e minhas "povas" ABRAÇO!